Resumo da saga Terminal VII

Sétimo livro

Vincent – um viajante misterioso com um grande segredo

King – A versão de Johan guardião que entrou no sistema pelo terminal para destruir o mundo

Kyle – Mentor de Johan, quando ele começou a lutar no quinto mundo

Lina – O amor de Johan, que carrega consigo uma chave do terminal

A história começa com Vincent, olhando a torre negra e as batalhas de longe. Ele entra na torre sem ninguém perceber, pois os guardiões estão muito ocupados tentando parar a destruição do mundo. Ele vai até a sala onde Maine estava presa e onde Lina jaz morta, porque ela deu o poder dela pra Johan. Vincent toca na câmara criogênica, que se transforma de volta na espada que Yzen usou para selar Maine. A espada então se transforma no cristal, pois originalmente era um cristal, que foi dado de Johan para Yzen, durante a batalha do sexto livro. Ele usa esse cristal em Lina e Lina recupera suas memórias, mas está confusa. Porque ela está viva novamente? Ela olha para Vincent e pergunta quem é ele.

Então Vincent diz para não se preocupar e a leva para longe da torre, para longe de todos. Lina acorda numa casa e quando ela levanta e procura Vincent, encontra ele sentado na varanda olhando para o horizonte. Não há sinais de destruição do mundo. Lina pergunta novamente quem ele é e quando Vincent se vira para ela, ela finalmente o reconhece e diz: Johan!

A história então vai para King. Na batalha entre Johan e Miguel, Kyle vai batalhar contra King. Assim que eles se isolam de Miguel e Johan, King diz então para Kyle que ele já viu tudo aquilo, mas que não entende. Ele precisa destruir o ciclo, porque ele falhou. King explica que ele vai lutar contra Miguel e vencer, que o mundo “baixo” vai ser completo, que ele fica encarregado de parar o ciclo em seu mundo, mas que ele falha. É por isso que ele não pode falhar de novo. Lina deu a vida dela para que o ciclo parasse. Mas ele sabe que Kyle consegue convencê-lo a parar. Como?

En tão Kyle diz que sabe disso tudo. Kyle diz que Lina não está morta e que ele não precisa mais lutar. Quando King indaga o porquê Kyle diz que ele também é Johan. Ele viveu como Johan, viveu como guardião e diz para King que nunca houve um ciclo, apenas uma criação infinita de dimensões. O mundo de cima não é destruído. Eles continuam a existir em paralelo, mas em versões temporais diferentes. Mas King fala que viver não faz mais sentido, porque Lina não está mais com ele, Kyle pede para King olhar para o cristal-chave e diz que Lina nunca saiu de perto dele. Como ele conseguiu sentir Lina na batalha do sétimo mundo? porque Lina sempre esteve dentro daquele cristal. Ele nunca irá se separar de Lina enquanto estiver com a posse de uma chave do terminal.

Quando King compreende que ele não precisa mais lutar para destruir o ciclo porque as pessoas do mundo “de cima” não iriam morrer e que a vida de Lina estava contida dentro do cristal, ele finalmente é convencido de que a batalha é inútil e ele cessa o ataque e a guerra como King. Ele toma o cristal de Miguel e o guarda dentro de si, fingindo destruí-lo para que Miguel também parasse de lutar.

A história volta para Vincent e Lina. Ele disse que deu um voto de confiança a si mesmo e agora ele confirmou que é verdade. O mundo não foi destruído. O desejo de Maine não causou a destruição, apenas a criação de mais uma linha temporal. Vincent e Lina vivem por bons anos sozinhos naquela casa, finalmente livres de qualquer obrigação como guardiãos. Eles começam a envelhecer juntos, já que não usam mais os poderes dos Imdionach, mas os dois ainda tem cada um um cristal-chave do terminal. Depois que eles envelhecem juntos, Lina pergunta o que Vincent vai fazer. Ele diz que tem vontade de continuar envelhecendo com ela até o fim. Mas Lina indaga como o Johan do mundo “de baixo” vai se sair se ele não agir. Vincent entende que ele precisa ir cumprir a parte final de sua missão e isso sim significa dizer um adeus definitivo a Lina.

Ele diz que eles já estão felizes, porque eles precisam se envolver novamente com o terminal e os mundos? Eles já fizeram bastante. Mas Lina diz que se ele não for, um Johan dos mundos criados deixará de estar perto de Lina para sempre. Eles viveram bons anos e está na hora dele cumprir seu papel final. Lina então retira seu cristal-chave e o dá a Vincent. Ela começa a desaparecer, sendo sugada para dentro do cristal que estava dentro dela. Ela diz que sempre estará com ele, porque ela é o cristal. Vincent diz seu adeus final à Lina e entra no terminal.

Quando Vincent entra no terminal, ele não é transportado diretamente para um mundo, mas sim para uma sala de controle. Nos painéis está escrito “error” com um log dos acontecimentos dos sete mundos criados. Os mundos foram criados com sucesso, mas todas as pessoas morreram, pois os Imdionach destruíram a todos. Vicent então puxa o backup do quinto mundo, que estava em suspensão e entra dentro do backup, restaurando uma versão anterior. Dentro deste mundo, ele se auto-entitula Kyle e abre uma pequena loja de antiguidades e puxa um dos cristais que ele carrega, o tranforma em uma espada e coloca na vitrine. Ele sabe que só vai ficar com a loja aberta apenas um dia, mas será suficiente.

A pós a visita de Johan à loja, Kyle vai para o sexto mundo, onde serve de tutor para Johan. Ele conta sobre os ciclos, mas omite o fato de que King é o Johan do mundo de cima, preferindo dizer que é apenas o Johan do quarto mundo. Ele se encontra com King e conversa com ele. Depois ele volta com Johan, o deixa no sexto mundo e volta para o quarto, pouco após Miguel matar King e roubar seu cristal.

Kyle usa o último dos cristais que carregava para resgatar as memórias e a vida de King e então instrui King a trazer as memórias de Lina de volta, com o cristal que ele guardou de Miguel. A história então pula para depois da batalha com Miguel, onde King decide virar um observador e se auto-entitula Vincent. Quando Vincent deixa a torre, Kyle olha uma última vez para a porta do terminal, que agora está trancada pelas chaves que Laud e Zeor fizeram. Ele sorri e diz “mas isso nunca foi problema para mim”. Ele força a abertura do terminal. Ele diz “Agora, vamos descobrir o que está lá fora…” e entra no terminal. O sétimo livro termina aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s